Motorhomes NETBR » Blog Archive » 27/JAN/11 - O que o interior de Sergipe tem?

27/JAN/11 - O que o interior de Sergipe tem?

Canion do Xingó - Foto: MTur

Canion do Xingó - Foto: MTur

Praias, manguezais, lagoas, rios, serras, cavernas e c√Ęnions aguardam o turista entre Aracaju e Xing√≥, rota perfeita para praticar esportes de aventura e percorrer trilhas ecol√≥gicas entra a caatinga e √†s margens do rio S√£o Francisco.

Dez munic√≠pios comp√Ķem o roteiro, que √© uma experi√™ncia surpreendente e inesquec√≠vel:¬†Aracaju, S√£o Crist√≥v√£o,¬†Laranjeiras,Itabaiana,¬†Areia Branca, Nossa Senhora Aparecida,¬†Nossa Senhora da Gl√≥ria,¬†Monte Alegre, Po√ßo Redondo e Canind√© do S√£o Francisco.

O percurso tem em torno de 230km, pela BR101 e SE230, com sa√≠da de Aracaju e parada final em¬†Canind√©. No caminho, vale a pena ver de perto aves de rapina no Parque dos Falc√Ķes e visitar a Grota do Angico, onde morreu Lampi√£o, maior mito do canga√ßo nordestino. O Parque Nacional Serra de Itabaiana tamb√©m integra o roteiro.

Mas, sem d√ļvidas, a principal atra√ß√£o √© C√Ęnion do Xing√≥, o quinto maior naveg√°vel do mundo. Ele √© formado por um vale que chega a ter 170m de profundidade, com extens√£o de 65km e largura que varia entre 50m e 300m. O volume da √°gua chega a 3,8 bilh√Ķes de metros c√ļbicos.

√Č um lindo passeio para se fazer de escuna ou catamar√£. Em m√©dia, a dura√ß√£o dos passeios √© de tr√™s horas. O trajeto √© feito nas √°guas represadas da Usina Hidrel√©trica de Xing√≥, e o contraste entre os imensos pared√Ķes de pedra e as belas √°guas espelhadas do Rio S√£o Francisco impressionam os visitantes.

Outra dica é a Gruta do Talhado, ainda em Canindé do São Francisco. Ela leva esse nome porque suas rochas parecem talhadas à mão.
Para saber mais sobre o roteiro e os destinos que o comp√Ķem, acesse:¬†http://www.turismosergipe.net/escolha-seu-destino/rota-do-sertao.

94 motivos para viajar pelo Brasil
O roteiro Roteiro Aracaju-Xingó é um dos roteiros estruturados pelo Programa de Regionalização, do Ministério do Turismo (MTur). Lançado em 2004, ele trabalha o desenvolvimento do setor em todo o país e a gestão descentralizada. O objetivo é estruturar, diversificar e qualificar a oferta turística brasileira para inserir de forma competitiva o produto Brasil no mercado internacional. Os roteiros apoiados pelo programa estão reunidos na revista Roteiros do Brasil 2010. Para acessá-la, clique aqui.

Fonte: MTur



Comente aqui