Motorhomes NETBR » Blog Archive » 26/AGO/10 - Trecho Rio-São Paulo garante diversão no feriado

26/AGO/10 - Trecho Rio-São Paulo garante diversão no feriado

Cachoeira em Cunha

Cachoeira em Cunha

No Parque Estadual da Serra do Mar, a cidade de Cunha é cercada de paisagens de tirar o fôlego. O roteiro bucólico, hospitaleiro e com grande atmosfera cultural garante a diversão para o feriado prolongado de 7 de setembro. Com localização privilegiada, a cidade fica entre as serras do Mar, da Bocaina e do Quebra Cangalha, a 250 quilômetros da capital paulista, 258 da fluminense e a 47 de Parati.

Lá, além de encontrar reservas preservadas de Mata Atlântica, é possível conhecer a Pedra da Macela, que oferece incríveis vistas panorâmicas da Baía de Ilha Grande e das cidades de Angra dos Reis e Parati. Outra opção é fazer caminhadas pelas trilhas do Parque Estadual, como a do Rio Paraibuna, que tem 1.700 metros de extensão, e a do Rio Bonito, com seus 7.600 metros. Para completar a aventura, valem visitas às cachoeiras do Desterro, Pimenta, Mato Limpo, Mato Dentro e Paraitinga, estas duas últimas, localizadas no Distrito de Campos Novos.

Já os apreciadores de arte contam com inúmeros ateliês de cerâmica, que deram fama internacional a Cunha e a artistas locais, como Leí Galvão, Kimiko Suenaga, Gilberto Jardineiro, Luís Toledo e Mieko Ukeseki. Pode-se ainda conhecer a Casa do Artesão, fundada em 1988 e onde há exposições permanentes de cerâmica, pintura, trançado, escultura e bordados.

No feriado prolongado ainda haverá aberturas das fornadas de cerâmica. Consideradas um evento importante, são comemoradas pela grande dedicação necessária à queima das obras em que todo o processo pode durar até cinco dias.
Entre os ateliês que estão fazendo a abertura aos visitantes no dia 4 de setembro estão o Suenaga & Jardineiro, que irá recolher as peças do forno Noborigama, após os três dias de resfriamento e o Anand Atelier, onde acontece a queima no Raku com as obras retiradas ainda incandescentes.

Quem quiser saber mais sobre a história da cidade, que foi palco de batalhas durante a Revolução Constitucionalista, deve conhecer o Monumento Paulo Virgínio, herói e mártir da revolução, a igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição construída em 1731 e o Mercado Municipal.

Além de tudo, os inúmeros restaurantes e pousadas, aliados ao excelente clima que faz durante todo o ano, transformam Cunha em um lugar extremamente convidativo para turistas de todas as partes do Brasil.

Mais informações podem ser obtidas no site www.cunha.sp.gov.br

Fonte: AD Comunicação & Marketing



Comente aqui