Motorhomes NETBR » Blog Archive » 22/JAN/10 - Campings favorecem as amizades

22/JAN/10 - Campings favorecem as amizades

Os campings são alternativas de menor custo e de contato mais próximo com a natureza. Mas não são só estes atrativos que levam muitas pessoas a preferirem um camping para passar as férias ou o verão (as que podem) na praia. As amizades, favorecidas pela proximidade das barracas ou trailers e a divisão de espaços comuns a todos os campistas, como banheiros, tanques, churrasqueiras e até cozinhas, entre outros, é um dos fatores mais destacados. Pelo menos na praia do Cassino. Até os dirigentes e donos destes espaços de lazer ressaltam este ponto positivo.

No Camping dos Ferrovi√°rios, que √© aberto ao p√ļblico em geral, por exemplo, o diretor do Sindicato dos Ferrovi√°rios de Santa Maria, M√ļcio Nunes, que nesta semana est√° dirigindo o camping no Cassino, e o zelador Eri Figueiredo, relatam que o local tem um p√ļblico frequente, o qual “j√° estabeleceu amizade entre si”. E a maioria j√° procura este camping com a inten√ß√£o de confraternizar, de curtir os amigos l√° conquistados. “Al√©m disso, esta alternativa de estadia √© bem mais barata que hotel e casas para aluguel”, relatam.

Eni Luvielmo, 57 anos, do Rio Grande, foi para o Camping dos Ferrovi√°rios em dezembro com familiares e pretende ficar l√° at√© mar√ßo. Disse gostar de acampar devido ao contato com a natureza e as amizades. “Ficamos at√© 1h ou 2h da madrugada debaixo das √°rvores conversando. Se faz muita amizade aqui. Al√©m disso, o camping √© organizado e seguro”, observa. No Camping Madrid, a conquista de amigos tamb√©m acontece. Venancio Ayres de Mesquita Neto, 16 anos, acad√™mico de Direito, de Pelotas, que est√° acampado no local com seus pais, diz que, para ele, os atrativos s√£o a natureza e as amizades que faz. “S√£o quase sempre as mesmas pessoas que v√™m para c√° e depois, ao longo do ano, a gente segue se comunicando pela internet”, salientou o estudante que frequenta o camping h√° quatro anos.

Seu pai, o procurador de Justiça Venancio Ayres de Mesquita Filho, 71 anos, destacou esse fato, citando as amizades feitas pelo filho, o preço acessível da diária e o ambiente familiar, ordeiro, higienizado e seguro. O contato com a natureza também contribui para sua escolha pelo camping para passar o verão no Cassino. José Madrid, proprietário do camping, contou que tem uma freguesia que o acompanha há 10 anos. São moradores de Bagé, Pelotas, Jaguarão, Piratini, Livramento, Rivera e Uruguaiana, entre outros.

Madrid coloca à disposição da clientela uma cozinha de apoio, água tratada da Corsan, churrasqueiras, banheiros, estacionamento dentro do espaço do camping e aluga geladeiras completas. A diária em barraca custa R$ 6 por pessoa e, em trailers, R$ 8 por pessoa. O Camping dos Ferroviários, que nos finais de semana costuma lotar, assim como ocorreu no feriadão de Ano Novo, oferece água tratada da Corsan, churrasqueiras, banheiros e pessoal de segurança, entre outros itens. Neste, a diária em barraca é R$ 8 e, em trailers, R$ 35 para grupo de até quatro pessoas. Em torno de 60% das pessoas que acampam no local são de Pelotas, e o restante, de Santa Maria, Bagé, Piratini e outros municípios.

O balne√°rio Cassino tem outros campings, como o do Leopoldo, o Beira-Mar, o do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e os das Col√īnias de F√©rias dos Banc√°rios, da Refinaria Riograndense e do Ex√©rcito.

Carmem Ziebell
Jornal Agora



Comente aqui