Motorhomes NETBR » Blog Archive » 18/NOV/11 - Festa do P√™ssego tem mais de 30 mil visitantes em Porto Alegre

18/NOV/11 - Festa do Pêssego tem mais de 30 mil visitantes em Porto Alegre

Festa do Pêssego - Foto: Divulgação

Festa do Pêssego - Foto: Divulgação

Est√° chegando ao fim a 27¬™ Festa do P√™ssego de¬†Porto Alegre e 20¬™ Festa Estadual do P√™ssego. O pr√≥ximo s√°bado, 19, e domingo, 20, ser√£o os √ļltimos dias para conferir a programa√ß√£o, que acontece no Centro de Eventos Ervino Besson (avenida Jo√£o Salomoni, 1340, bairro Vila Nova), das 9h √†s 20h. Cerca de 36 mil pessoas j√° visitaram o local, que conta com 16 expositores, pra√ßa de alimenta√ß√£o, bancas de artesanato, ind√ļstria e com√©rcio ‚Äď tudo com origem no munic√≠pio, que √© o maior produtor de p√™ssego de mesa entre as capitais do pa√≠s.

At√© o momento, foram comercializadas 72 toneladas de frutas, e conforme a coordena√ß√£o do evento, a expectativa √© de um faturamento ao redor de R$ 450 mil. Al√©m de p√™ssegos, est√£o √† disposi√ß√£o do consumidor morangos, flores e hortali√ßas, produzidas e oferecidas diretamente por agricultores da Capital. H√° ainda uma variedade de produtos org√Ęnicos de origem vegetal ‚Äď desenvolvidos pela Divis√£o de Fomento Agropecu√°rio (DFA) da Secretaria Municipal da Produ√ß√£o, Ind√ļstria e Com√©rcio (Smic), junto aos produtores ecol√≥gicos de Porto Alegre.

A festividade √© uma iniciativa da prefeitura, por interm√©dio da DFA/Smic, em conv√™nio com o Sindicato Rural de Porto Alegre. O projeto tem apoio da Emater-Ascar e do Sistema Farsul. O prefeito Jos√© Fortunati, durante a solenidade de abertura, dia 6, destacou que os agricultores merecem reconhecimento por manter a produtividade em solo porto-alegrense, lembrando que a cidade √© a segunda capital com maior √°rea rural. Fortunati refor√ßou ainda a qualidade dos alimentos cultivados na Capital. “A prefeitura mant√©m importante parceria com os agricultores e com as entidades do setor, incentivando uma atividade s√≥lida e pr√≥spera, respons√°vel por sustentar uma alimenta√ß√£o de boa qualidade”, afirmou.

Para o titular da Smic, Valter Nagelstein, a voca√ß√£o da agricultura consolida-se na cidade, que contar√° com uma supersafra de 1,6 mil toneladas de p√™ssegos. Em 2011, a produ√ß√£o baseia-se em uma √°rea de plantio de mais de 120 hectares, com perspectiva de venda acima de 125 toneladas, superando a soma do √ļltimo ano.

Centro Histórico
A venda de flores e frutas produzidas no munic√≠pio continua, de segunda a sexta-feira, no Largo Gl√™nio Peres ‚Äď em frente ao Mercado P√ļblico. No local, o consumidor poder√° adquirir os itens com pre√ßos diferenciados. As principais variedades de p√™ssego comercializadas neste ano ser√£o as de polpa branca (Premier, Pampeano, Charme e Sulina) e amarela (Maciel, Granada, Vanguarda e Peach). Segundo o coordenador da DFA/Smic, Ant√īnio Bertacco, as condi√ß√Ķes clim√°ticas favoreceram o aumento da produ√ß√£o, com um inverno mais rigoroso ‚Äď temperaturas abaixo de 7¬ļC ‚Äď e chuvas regulares no per√≠odo de colheita.

Fonte: Prefeitura de Porto Alegre



Comentaram por aqui...

  • Alzira Maria Elsner January 6th, 2012 em 11:36 am

    Eu estou h√° muito tempo tentando comprar algumas mudas de p√™ssego antigamente denominado ‘molar de enxerto’. N√£o sei se √© o atual ‘premier’, ou ‘barbosa’, ou ‘marli’, chirip√°, ou ainda O ‘kampai’ da EMBRAPA. H√° uns trinta e cinco anos , minha tia fazia os enxertos. Os p√™ssegos eram brancos com polpa firme ,enxuta ( sem muita umidade), sem azedume, bem docinho, sua pele era branca rosada e com sali√™ncias ( altos e baixos, n√£o era totalmente lisa, nem totalmente redondo), era ovalado, com caro√ßo solto meio aderente e avermelhado. Era poss√≠vel o consumo mesmo sem estar bem maduro de t√£o gostoso que era. Gostaria de saber qual √© o mone certo para poder comprar algumas mudas.

Comente aqui