Motorhomes NETBR » Blog Archive » 17/AGO/10 - Santuário do CARAÇA/MG - Turismo Alternativo!

17/AGO/10 - Santuário do CARAÇA/MG - Turismo Alternativo!

Lindo "Chuveirinho" - Foto: Terra sem Fronteiras

Lindo "Chuveirinho" - Foto: Terra sem Fronteiras

Um verdadeiro Santuário transformado numa RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) protegido por lei federal. Grande desfiladeiro, é o que significa caraça em tupi-guarani, uma grande e exótica depressão situada numa serra. Então, sintam-se à vontade e vão ver de perto o que este Santuário, no mais amplo sentido da palavra, tem a oferecer. São momentos mágicos por entre trilhas, cachoeiras, construções do século XVIII, tanques e piscinas naturais. É um encontro íntimo e harmonioso com a Natureza. E o mais espetacular, e forte motivo que nos trouxe até aqui, foi saber que todas as noites um visitante chega às dependências da pousada.

Reserva do Caraça recebeu visitantes ilustres no passado, como Dom Pedro I e Dom Pedro II, mas o mais ilustre, sem dúvida, vindo dos bosques silenciosos, é um animal dourado de cauda curta. Lobo Guará e Caraça, dissociar um do outro não faz qualquer sentido. Não fosse a iniciativa do Padre Tobias, talvez este santuário não tivesse tomado vida novamente. Algumas lixeiras começaram a aparecer reviradas e derrubadas, suspeitava-se de cachorros, porém o Padre Tobias achou muito difícil, porque cachorro não subiria a Serra com tanta freqüência. Começaram a observar e descobriram o “grande cachorro”, o lindíssimo e vulnerável Lobo Guará. Então, começaram a colocar uma bandeja de carne em cada portão e elas amenheciam mexidas. Aos poucos, foram aproximando as bandejas da escada da Igreja, até que resolveram subir com a bandeja. “A bandeja subiu, o padre subiu, o lobo subiu!” E o espetáculo estava formado! Pessoas do mundo inteiro vem conferir um show cheio de adrenalina, porém com muito respeito à vida animal!

CURIOSIDADE

“Como Centro de Turismo, o Santuário do Caraça recebe, em média, 60.000 visitantes por ano, dos quais pelo menos 17.500 são hóspedes em sua Pousada. Isso faz com que seja, por sua relevância e implicação social, uma das mais importantes e mais visitadas Unidades de Conservação do Estado de Minas Gerais, além de ser uma das maiores: a Reserva Particular do Patrimônio Natural do Caraça responde praticamente por 51% das Reservas Particulares do Estado.” (fonte: http://www.santuariodocaraca.com.br

GPS – Terra sem Fronteiras

Como Chegar

A RPPN - Santuário do Caraça está localizada aos Municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, Minas Gerais. Está inserida na porção sul do contraforte da Serra do Espinhaço, no Quadrilátero Ferrífero, no Circuito do Ouro e Estrada Real. A Reserva faz divisa com os Municípios de Ouro Preto e Mariana.O único acesso à RPPN - Santuário do Caraça, determinada pela PBCM, é passando pelo Município de Santa Bárbara. Entrar pela Rodovia do Caraça que também dá acesso ao distrito de Brumal, e sub-distritos de Sumidouro e Santana do Morro. A Portaria está situada no km 9, desta Rodovia. Da Portaria até a sede, são mais 11 km de estrada asfaltada.
Distâncias: 25 quilômetros do Município de Santa Bárbara, a 33 km do Município de Catas Altas e a 130 km de Belo Horizonte, capital do Estado.

Onde ficar

Pousada do Caraça, são mais de 40 apartamentos e oferece pensão completa. Reservas pelo e-mail: pousadadocaraca@hotmail.com

O que levar

Roupas de banho, tênis ou bota para caminhada (sempre sapatos fechados), agasalho, repelente, boné, câmera fotográfica e muito protetor solar.

O que ver

A natureza reservou belas imagens, então se prepare, pois há muitas trilhas e cachoeiras, como: Cascatinha, Cascatona, Tanque Grande, Bocaina, Pinheiros, Taboões, Piscina, Banho do Belchior, Cruzeiro, Capelinha, Gruta de Lourdes, Ponte do Bode, Prainha, Banho do Imperador e as trilhas que exigem acompanhamento de guias: Pico da Carapuça, Pico do Sol, Pico do Inficionado, Pico da Verruguinha, Pico da Canjerana, Pico Três Irmãos, Pico da Conceição, Campo de Fora, Gruta da Bocaina. Além destas maravilhas naturais, é imperdível ver o lobo solitário e de hábitos noturnos se alimentando na porta da Igreja.

Quando ir

Qualquer época se desfruta deste paraíso. Em abril e maio é a época de acasalamento do lobo, quando é possível ver o macho e a fêmea subirem até a igreja e se alimentarem juntos.

Publicado por Joyce e Cláudio Guimarães



Comente aqui