Motorhomes NETBR » Blog Archive » 13/OUT/11 - Uma década de sabores

13/OUT/11 - Uma década de sabores

Festival Gastrõnômico de Pernambuco - Foto: Divulgação

Festival Gastrõnômico de Pernambuco - Foto: Divulgação

O Festival Gastronômico de Pernambuco – FGPE, evento oficial do calendário do Governo do Estado de Pernambuco, chega este ano a sua décima edição, no período de 12 a 23 de outubro. Idealizado pela Promo-PE, dos empresários Ana Lins, César Santos e Márcio Sena, o evento vem, ao longo dos anos, divulgando ingredientes e receitas pernambucanas, através do intercâmbio entre chefs convidados e restaurantes anfitriões. Como resultado deste trabalho, nesta última década, tornou-se um dos maiores eventos gastronômicos do Brasil e o maior do Nordeste. Títulos mais do que justos para um Festival que representa o Estado que é o terceiro pólo gastronômico brasileiro e o primeiro das regiões Norte e Nordeste.

Para brindar o público deste ano, a coordenação do Festival escolheu como tema Uma Década de Sabores, trazendo para a discussão a evolução do cenário gastronômico pernambucano neste tempo. “Ao longo dos anos, conseguimos acompanhar de perto o crescimento da gastronomia pernambucana e de seus profissionais. O Estado evoluiu muito neste sentido e isto se deve, principalmente, a competência e criatividade de seus chefs”, comenta Ana Lins, coordenadora do FGPE. De fato, a última década foi determinante para a consolidação de Pernambuco como destino gastronômico. Nomes como César Santos, André Saburó e Joca Pontes ultrapassaram as fronteiras estaduais e ganharam o mundo, como sinônimos de gastronomia de alto nível.

É certo que o Festival Gastronômico de Pernambuco teve uma importante contribuição para este cenário. “A troca de conhecimentos entre os chefs convidados e a brigada dos restaurantes enriquece muito a equipe. São novas técnicas e formas de cocção que são aprendidas nesta vivência de pouco mais de três dias, mas que ficam para sempre. Conhecimento nunca se perde”, acrescenta o coordenador César Santos.

Além de propiciar este aprendizado, o Festival levantou bandeiras importantes para o cenário gastronômico pernambucano, como a valorização dos ingredientes nacionais e dos vinhos produzidos na região do São Francisco. “Somos um estado muito rico em ingredientes e cultura. O Festival disseminou isto por outros estados e o resultado pode ser percebido quando você chega num restaurante de um chef que já esteve no evento e encontra nosso queijo coalho compondo um prato”, complementa Márcio Sena.

Fonte: Governo de Pernambuco



Comente aqui