Motorhomes NETBR » Blog Archive » 10/DEZ/10 - Da praça para os trilhos

10/DEZ/10 - Da praça para os trilhos

Representantes das prefeituras e secretarias de turismo das cidades de São Carlos (SP) e Santa Maria (RS) se reuniram, emBrasília, com o Grupo de Trabalho de Turismo Ferroviário. Na reunião, foram apresentados os projetos para a implantação de trens turísticos e culturais nas regiões.

As cidades possuem características em comum, como a importância histórica das ferrovias nas localidades. Santa Maria, que fica na região central do estado, recebe um grande fluxo de turistas uruguaios e argentinos que visitam o Brasil. O trajeto proposto é de 3km por trecho, totalizando 6km. A locomotiva usada é uma Maria Fumaça, que atualmente “adorna” uma das praças da cidade.

O projeto inicial do Trem Turístico Cultural de São Carlos prevê 1,2km de extensão de trilhos e, assim como no projeto de Santa Maria, será usada uma locomotiva a vapor que atualmente serve apenas como “monumento histórico” em uma praça local. Além da ampliação da oferta turística dos municípios, os projetos são importantes para a valorização, preservação e revitalização do patrimônio ferroviário local.

Cartilha
Os proponentes utilizaram a Cartilha de orientação para proposição de projetos de trens turísticos e culturais como parâmetro para a formulação dos projetos. A cartilha foi produzida pelo grupo de trabalho em 2010, com o objetivo de simplificar e acelerar os trâmites necessários para a aprovação de projetos e viabilizar o incremento turístico e cultural da região. O grupo de trabalho verificou que ambos os projetos são viáveis, porém foram observadas algumas pendências que deverão ser ajustadas.

O GT é composto por representantes do Ministério do Turismo (MTur), Ministério dos Transportes (MT), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e Inventariança da Extinta Rede Ferroviária Federal S.A (RFFSA).

Fonte: MTur



Comente aqui