Motorhomes NETBR » Blog Archive » 04/AGO/10 – Imbituba! O paraíso das baleias francas!

04/AGO/10 – Imbituba! O paraíso das baleias francas!

Belíssimo salto - Foto: Terra sem Fronteiras

Belíssimo salto - Foto: Terra sem Fronteiras

São inúmeros os motivos para visitar a região de Imbituba e Garopaba. No verão então, o mar é o prato principal para os amantes de águas transparentes e beleza natural. Mas, o inverno guarda um tesouro esperado todo ano, vindas de tão longe, das Ilhas Geórgias do Sul, são as Baleias Francas dando um espetáculo no litoral catarinense, elas vêm com a finalidade de acasalar, procriar e amamentar os seus filhotes. São mais de 100 animais que podem ser vistos da praia ou num passeio de barco. Nós nos deliciamos no trajeto até a praia, vendo-as saltarem, mesmo que distante o show foi garantido, mas ao embarcarmos e seguirmos seus passos, ou melhor, suas nadadeiras, nos emocionamos ao vê-las, ora saltando, ora amamentando seus filhotes, ora brincando, doces encostaram na embarcação e como num “olá” tornaram aquele dia, um dos dias mais especiais de nossas aventuras como viajantes.

CURIOSIDADE

Quem são elas?

“As baleias francas são cetáceos de grande tamanho, podendo atingir, segundo registros históricos, mais de 17 metros de comprimento nas fêmeas e pouco menos nos machos, muito embora participantes da caça à baleia franca no litoral do Estado de Santa Catarina nas décadas de 1950/60 afirmem categoricamente que animais com mais de 18 metros foram capturados nas imediações de Garopaba e Imbituba. O corpo é negro e arredondado, sem aleta dorsal e a cabeça ocupa quase um quarto do comprimento total, nela destacando-se a grande curvatura da boca, que abriga, pendentes, cerca e 250 pares de cerdas da barbatana, que são ásperas e na sua maior extensão negro-oliváceas. O ventre apresenta manchas brancas irregulares. As fêmeas trazem mamilas na região inguinal e glândulas mamárias que podem ser bastante espessas, até cerca de 10cm…. O “esguicho” das baleias francas é bastante característico, em forma de “V”, resultante do ar aquecido expelido muito rapidamente quando da respiração e da vaporização de pequena quantidade de água que se acumula na depressão dos dois orifícios respiratórios quando o animal emerge para respirar. A altura do esguicho pode chegar a atingir de 5 a 8 metros, sendo mais visível em dias frios e com pouco vento, e o som causado pela rápida expelida de ar pode ser ouvido muitas vezes a centenas de metros.” (fonte: http://www.baleiafranca.org.br)

Como Chegar

A partir de Florianópolis são aproximadamente 100km pela BR-101 Sul até Imbituba/SC.

Onde ficar

Nós elegemos a belíssima praia da Barra de Ibiraquera para nos hospedar. Há muitas opções na região. Mas, indicamos sem medo, a aconchegante pousada Cravo e Canella http://www.cravoecanella.com. Fica a 100 km de Florianópolis.

O que levar

Roupas de frio, um anorak (blusa impermeável) é uma proteção contra os respingos da água do mar ou quem sabe do banho que as baleias possam te proporcionar. Câmera fotográfica e protetor solar, mesmo sendo no inverno, o sol não dá tréguas.

O que ver

As baleias, seguramente! Geralmente pares de mãe e filhote são avistados, nadando em paralelo à costa, e muitas vezes expondo a enorme nadadeira peitoral ou a cauda, ou dando impressionantes saltos fora d´água – tudo isso muito perto da praia! É imperdível o passeio de barco para avistá-las de perto. Tivemos a sorte de as baleias passarem por debaixo do nosso barco, elas são imprevisíveis!
Avistagens Embarcadas em Imbituba e Garopaba, reservas e informações: e-mail: roteiro.sul@hotmail.com ou fone: (48)9977-6352 ou 9948-2224

Quando ir

A temporada reprodutiva das baleias francas no Brasil é de julho a novembro, mas o melhor período para observação na principal área de concentração, a APA da Baleia Franca, é entre a segunda quinzena de agosto e primeira quinzena de outubro, quando um maior número de baleias francas costuma estar na região, permanecendo por vários dias nas enseadas.
Uma dica importante: sigam as normas da lei federal de proteção ambiental, assim estamos garantindo a proteção das baleias contra perturbações indevidas.

Para saber mais

http://www.www.terrasemfronteiras.com
http://www.juliocesarcetaceo.blogspot.com/2009/06/celebrando-vida.html
http://www.baleiafranca.org.br



Comente aqui