Motorhomes NETBR » Blog Archive » 03/AGO/11 - Fraiburgo (SC) reúne história e tradição como a Terra da Maçã

03/AGO/11 - Fraiburgo (SC) reúne história e tradição como a Terra da Maçã

Fraiburgo é a Terra da Maçã - Foto: Divulgação

Fraiburgo é a Terra da Maçã - Foto: Divulgação

Localizada no meio oeste catarinense, a Fraiburgo de hoje é uma cidade simples, simpática e orgulhosa de seu passado e da cultura europeia representada na arquitetura das residências e estabelecimentos comerciais, na língua falada entre as famílias e na peculiar gastronomia.

Colonizada há exatos 50 anos pela família Frey, provinda da Alsácia, região que antigamente pertencia à Alemanha e hoje é território francês, a cidade já foi conhecida pela exploração da madeira e suas serralherias. Hoje o que conduz o turismo e a economia é a maçã, fruta que melhor se adaptou às condições climáticas do local.

Arnoldo e Renè Frey foram os responsáveis pelo nascimento da Terra da Maçã. Até hoje é possível desfrutar dos legados que os irmãos empreendedores deixaram. Três dos oito hotéis da cidade são da família Frey, além de outros estabelecimentos. Renar, Biz e Fraiburgo são hotéis que acomodam diversos públicos. O último tem, inclusive, o nome abrasileirado que a cidade recebeu do sobrenome Frey da tradicional família.

Segundo a assistente de Marketing, Karoline Brandt, Renar é uma junção de Renè e Arnoldo e é também o hotel mais antigo da cidade. “Quando a produção de maçã aumentou, apareceram muitos investidores, que pediam para se hospedar na casa dos irmãos Frey. Foi então que eles tiveram a ideia de abrir este hotel, inicialmente com 39 apartamentos”.

Hoje o Renar é um hotel com 58 acomodações que mantém os móveis dos Frey em dois de seus quartos mais luxuosos. O estabelecimento propõe um toque de modernidade sem perder o tom rústico que a cidade pede (Veja aqui o In Loco do Hotel Renar).
O Renar é, resumidamente, um hotel voltado para o hóspede de lazer e negócios. Karoline afirma que, apesar das temperaturas extremas da região, a ocupação é garantida o ano inteiro. “Temos atividades de verão, quando as temperaturas passam dos 30º, e também temos muitos atrativos durante o inverno, que chega até 5º negativos”.

Flertando com outros mercados
Com o mercado da maçã em alta, a administração do Renar se viu na necessidade de ter um outro estabelecimento para atender à demanda do turismo de negócios. Então foi feito o hotel Biz, extensão do Renar, com 61 apartamentos, porém voltado para o hóspede executivo. E para os turistas que procuram lazer, o hotel Fraiburgo, também propriedade da família, possui 88 acomodações de categoria econômica.

Atrelada aos hotéis está a Casa do Turista, que integra um parque de 380 hectares, onde, além da plantação comum de maçã, há uma plantação especial para os turistas poderem plantar ou colher, de acordo com a época, e entender como se dá todo o processo até que elas sejam comercializadas.

Quem quiser se aventurar pode fazer o passeio, de cerca de uma hora e meia, que custa em média R$ 15, e escolher entre ir de ônibus ou se aventurar em uma espécie de rally conduzido pelo caricato Duolsan Constantino e guiado pela simpática Marília Hildebrando. Ela afirma que são colhidas de 36 a 40 mil toneladas de maçã por safra. Os números são inacreditáveis!
No mais, o visitante pode conhecer as grutas, museus, o artesanato, a gastronomia e os parques aquáticos. Em todos os estabelecimentos é possível encontrar um fraiburguense com a história da cidade na ponta da língua e muitas outras peculiaridades para contar.

Fonte: SANTUR



Comente aqui