Motorhomes NETBR » Blog Archive » 01/SET/10 - Lei da cadeirinha para bebê no automóvel

01/SET/10 - Lei da cadeirinha para bebê no automóvel

Lei da cadeirinha para bebê no automóvel

Lei da cadeirinha para bebê no automóvel

De acordo com uma nova lei publicada pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran, a partir deste mês de setembro de 2010, crianças com até sete anos de idade só poderão ser transportadas em automóveis com assentos especiais. A lei exige que para crianças de até um ano seja utilizado o bebê conforto, para as que possuem de um a quatro anos a cadeirinha é recomendada e para as crianças de quatro a sete anos, é indicado o assento elevatório.

As novas especificações relacionadas ao transporte de crianças incluem ainda a necessidade de utilização do cinto de segurança só depois que as mesmas atingem um metro e quarenta de altura. Os pais que circularem sem seguir a nova lei serão multados e deverão pagar cerca de R$ 191,00 de multa, além de perder sete pontos na carteira e ter o veículo retido até que a situação esteja regularizada. No entanto, não devemos esquecer que tudo não passa de uma questão de segurança para sua familia.

Os novos assentos devem ser escolhidos de acordo com o peso e o tamanho de cada criança, por isso é de grande importância que os pais levem os filhos na hora de comprar a nova cadeirinha, experimentar e perguntar ao filho se ele sente algum desconforto. Relacionando o assento com o peso da criança, a nova lei afirma que o bebê conforto foi criado para crianças com até 13 kg, a cadeirinha deve ser utilizada por crianças com peso entre 9 e 18 kg, já os assentos de elevação atendem crianças de 18 a 36 kg.

Os pais que possuem mais de um filho devem adequar os seus automóveis para a quantidade de crianças que possuem em casa. Se o número de crianças for maior que o espaço disponível no carro, é recomendado que a mais velha fique no banco da frente do carro com o dispositivo de retenção adequado para a faixa etária que possui. Pois é, se você possui filhos com as idades especificadas, adéqüe o seu veículo as novas regras e não corra o risco de ser multado por circular em desacordo com a nova lei.

Fonte: Resumo do Dia



Comente aqui